Aaham!

8 feb. 2009

7.2.09

Chegou ao fim a primeira semana em Havana. Talvez a maior experiencia pela qual ja passei. A primeira semana em uma realidade tao diferente. Nessa semana, exploramos os ponto turisticos e gastamos muito dinheiro. Algo que me incomoda em qualquer viagem È a distancia que fico dos reais habitantes da cidade. Prefiro os pontos onde os habitantes realmente vao e nao os criados para turismo. Tentar entrar em uma realidade que nao È a prÛpria. Isso È o que busco, e tao dificil È. Mesmo no Brasil fico incomodado em ficar preso em uma classe. Em um tipo de vida, onde `tudo`que pode acontecer È ir a shopping,cinema,restaurantes bons e ... Infelizmente o medo e a violÎncia nao permitem uma integracao e troca de experiencias no Brasil. De certa forma me sinto envergonhado em viver uma vida que sÛ preza pelo prÛprio bem estar. Que sÛ olha para si mesmo. ( Sei que ha excecoes, que posso fazer trabalhos comunitarios.... e assim nao viver uma vida narcicista, porem de qualquer forma nao se tem a real experiencia de outras realidades) Sempre imaginei que em Cuba seria diferente, aqui as pessoas pertencem a mesma classe. Que estao juntas, que nao ha porque sentir medo do outro devido a bens materiais e futilidades, como no Brasil.Realmente para os cubanos isso existe, todos estao juntos. Nao ha roubo porque nao ha o que roubar, todos estao iguais. Bom, para nos, turistas, as coisas nao sao bem assim. ME incomodeii com a insistencia dos pedintes, com a esmolacao que para mim parecia a esmolacao de todo um povo. Estes que buscam o teu dinheiro.
Apenas conversando com os moradores daqui se comeca a ter uma nocao desta vida. Acho que ao conver com eles, tive uma minima nocao do que È isso. Nao passo por nenhuma das dificuldades deles e etc. Nao tenho a pretencao de querer resolver seus problemas. Agora ao ir embora, tive a sensacao estranha de que, eu , posso e tenho condicoes de fazer o que quiser. Agora, infelizmente eles ficam e seguem seus cotidianos e vidas. Nessas horas percebo o quao feliz sou e quantas opurtunidades tenho. Espero aproveita-las e, de alguma forma, ajudar estes que ficam ( sejam os cubanos aqui, sejam os pobres e sem oportunidades em todo o mundo).
Espero que isso me mova, estou junto, seja a qual for o tipo de governo, a posicao ideologica, de quem estiver do lado das pessoas, do povo ( nao sÛ o pobre).

Aqui o que nos uniu ( eu e os trabalhadores do hotel) foi principalmente o futebol. Eles ficavam loucos ao saber dos salarios, e das extravagancias dos jogadores. Lhes falei das festas, e lhes dei a ultima revista Veja, a qual fala justamente sobre isso. Penso que este assunto e esta realidade esta tao distante tanto minha quanto deles. So nesse momento conversamos de igual. Nem eu, nem eles vivemos em algo parecido com aquilo. E fomos iguais. Mas logo depois lhes dei umas pastas de dentes que havia trazido, e tudo voltou ao normal.Cada um voltou ao seu lugar. Tambem eles ficaram muito mais felizes com as pastas do que com a revista. Me lembro daquela propaganda ( nao sei ao certo), mas acho que È : nao faca tudo mas faca tudo o que puder. Ao fim , talvez tudo se resuma a isso. Que assim seja.
8.2.09
Cheguei a Escola de Cinema e Televisao de San Antonio de Los Banos. Isso aqui È muito diferente. Tem as proporcoes de um sitio quase, È enorme. E esta no meio do nada, ao olhar para os lados sÛ se ve campo, arvores e vegetacao. Muito bonito. Fica ao lado de umas plantacoes de laranja e citricos em geral, e aqui tambem se planta hortalicas. Bem e no meio disso tudo ha uma escola de cinema. Ja vieram aqui grandes nomes do cinema mundial, como Coppola, Scorcese, Scola, Fernando Birri,e diversoso outros que ajudaram a criar a reputacao que esta escola tem. Por isso vem alunos de tudo quanto È lugar. Espanhois, turcos,brasileiros,argentinos.... E tudo isso cria uma atmosfera incrivel, se respira e vive cinema 24 horas por dia. Nas paredes se ve pichacoes de grandes cineastas ( como Art Never Sleeps de Coppola, e outras que colocarei depois), eles possuem um dos maiores acervos da America Latina, e todos que aqui estao, estao por causa do cinema. Isso È ·nico.
Agora de tarde passam tres secoes de cinema, assisti a primeira que era Alice Nao esta Mais Aqui de Scorcese, vou tentar assistir a ·ltima que È Gomorra ( filme que esta no cinema em POA), um filme italiano. Ao sair encontramos umns brasileiros do curso regular ( com duracao de 3 anos) assistindo Vasco e Fluminense, deve ser uma experiencia maluca cursar este curso de 3 anos. Permanecer 3 anos vivendo,respirando e discutindo cinema È (nao sei algum adjetivo para caracterizar isto ). E sÛ se faz isso porque nao ha mais o que fazer,. Aqui se esta distante de quase tudo. A cidade mais proxima daqui È San Antonio de Los Banos, algo como se regressassemos aos anos 20, talvez um pouco antes. Inexplicavel aquilo. Espero ter conseguido passar a nocao da quanto causa estranheza chegar aqui. Uma estranheza boa.
No meu quarto ha mais dois brasileiros e dois espanhois. Ainda nao conheci os espanhois, mas os brasileiros sao gente finas. Um de Sao Paulo e outro de Salvador ( acho) mas que trabalha em Minas Gerais. Penso que esses dias serao uma experiencia unica e espero aproveitar ao maximo. Sair daqui, mesmo apos sÛ tres semanas, vai me causar o efeito contrario de chegar. Voltar a civilizacao e sair do cinema.
Vou tentar ter noticias do grenal, que puder, poste.

9 comentarios:

  1. O gordo!!!! que afude que tu ta gostando. Muito bom mesmo o que tu ta escrevendo, até parece que estamos ai do teu lado vendo exatamente o que tu ta vendo!!! Ja ta falando espanhol espero! Experiencia do Caramba!!!! Aproveita ai meu depois vamo te que fazer aquele "Castor Killer" hehehehehe
    Abraços, te cuida!!

    ResponderEliminar
  2. Parabens pelo blog hein Daniel, ta mto bom mesmo... de emocionar!!! Aproveita ao maximo ae que isso vai ser uma experiencia mto boa e diferente...
    Um grande abraço ae e te cuida
    Thiago

    ResponderEliminar
  3. Que legal!
    Deve ser muito bom ter tantos filmes a disposição. Vê se tem aqueles da Lina Wertmuller!
    Beijos e aproveita.
    Pai e Mãe

    ResponderEliminar
  4. Dani,
    Curte aí na paz cara: em 2012 Deus passa a régua e a gente recomeça tudo de zero...em novas bases.
    Te cuida com a bóia e com o solaço!
    Abraços,
    Jean

    ResponderEliminar
  5. Oi Daniel, que ótima idéia fazer um blog, assim podemos compartilhar a sua viagem. Acessei o blog e não consegui parar de ler, fiquei viajando contigo por Cuba, acabei me atrasando pra sair pra correr, fui eram quase meio dia e quase morri com o calor(34ºC). Vou continuar espiando e viajando contigo. Aproveita e te cuida. bjs, tia filó.

    ResponderEliminar
  6. Daniel

    A cada dia fico mais impressionado e orgulhoso com os teus comentários. As tuas descobertas são desconhecidas pela maioria das pessoas que tu convives, inclusive eu que estou aprendendo com os teus relatos. Não pare, continues diariamente colocando em palavras tudo aquilo que tens vivido e te sensibilizado.
    Parabéns meu filho, te amo muito!

    ResponderEliminar
  7. Filho,
    Mandei notícias pelo e-mail,já estou em Palmas com o Thiago.
    Tudo ótimo com todos aqui, fica tranquilo.
    beijos
    Mãe

    ResponderEliminar
  8. Fala Goordo!
    cheguei hoje de Imbé porque tenho a porcaria do exército essa semana(os cara querem me leva pra santa maria!) ontem de noite eu e o castor tava lá no Alba imaginando o que tava fazendo por ai,ja vi que ta adquirindo uma experiencia pra vida toda.Que bom!! aproveita ae! abraço!
    ah e tu ja deve sabe, mas o resultado do gre-nal foi um injusto e discutível 2x1 para o teu time.nos vemos no mata-mata!

    ResponderEliminar
  9. e ai Dani, como esta td por ai?
    espero q esteja aproveitando a viagem para ver coisas novas e conhecendo pessoas interessantes...
    boa semana ae, t cuida
    abraco Marcos

    ResponderEliminar