Aaham!

3 mar. 2009

Mais do que nunca posso dizer que renasci. Nem anos de psicologo, psiquiatra e essas coisas fariam aprender tanto sobre mim e sobre os outros quanto essa viagem. Foram os desafios, a vivencia, o novo, que me fez aprender. Fui, acima de tudo, eu mesmo. Acredito mais do que nunca que a vida esta na espiritualidade, na arte, conhecer a si mesmo, na bondade das pessoas. Larguei todas conviccoes politicas, essa fria instituicao e passo a crer em cada pessoas e o que elas tem a dizer. Me pareceu absurdo ver na tv depois destes dias pessoas se matando por religiao, politica e ... Sera que essas pessoas nunca tiveram um bom amigo, uma boa conversa, um grande amor? O que 'e a vida se nao isso ? E nao 'e questao de se alienar ( vai sabe o que quer dizer essa palavra nos dias de hoje ), 'e algo muito superior. No ultimo dia conversamos com dois alunos venezuelanos de medicina, boas pessoas. Mas tao com esse pensamento politico acima de suas vidas. Logo vieram perguntando se eramos de algum movimento como sem terra, sem teto... Depois perguntaram se nosso cinema era politico e essas coisas (panfletario). De alguma forma me senti mal depois de conversar com eles, troco chato. Tomara que na volta eu siga sendo eu mesmo.


Saio bem, consegui me despedir bem de todos. Espero encontra-los algum dia.

1 comentario:

  1. Bom Daniel, a essa essa hora voce já está viajando de volta ao lar, "lar doce lar", e durante a viagem vai ficar passando, mais do que nunca, o filme na tua cabeça desses dias em Havana. É hora de seguir o barco com toda essa nova bagagem.Voce é uma pessoa muito especial.
    Que Deus te abençoe.
    tia filó.

    ResponderEliminar